sábado, 8 de setembro de 2007

Pedidos (entre parênteses)


Eu não gosto de ouvir

(me fala)

o que posso ter só

por estar do teu lado.

Eu não gosto de falar.

(te ouço)

Silencioso em,

entre (entre), sobre, no

enleio

licencioso do teu olhar

verde-água-que-molha eu

inteiro sou

teu.

Como que por encanto

(dominador de monstros).

Não sem uma ponta

(aguda) de espanto

leva-me tu

a um canto (o mais quente)

do teu

eu.

2 comentários:

Jeovana disse...

claro que tu tá no google!

Anônimo disse...

ler todo o blog, muito bom